Perdemos quando esquecemos de praticar gentileza….

Gentileza é uma amabilidade, uma delicadeza praticada por algumas pessoas.

A gentileza é uma forma de atenção, de cuidado, que torna os relacionamentos mais humanos e encantadores.

Gentileza é uma amabilidade, uma delicadeza praticada por algumas pessoas. A gentileza é uma forma de atenção, de cuidado, que torna os relacionamentos mais humanos e encantadores.   Normalmente, as pessoas andam com pressa e muito ocupadas pela vida, querendo tirar vantagens das situações e  esquecendo de praticar gentileza consigo e com os demais. Pensando somente em si, na rotina alucinante e na montanha de problemas a resolver e assim vamos “vivendo nossa vida”.  Tenho visto, muitas cenas por aí  e me vem a pergunta: cadê a  gentileza, onde está a arte do ”bem receber”, onde está a Educação? respostas atravessadas e grosseiras e  muitas vezes com frases prontas e sem nenhuma empatia ou gentileza.   E que tal se praticarmos... não esperar receber para dar; não esperar uma gentileza para ser gentil e seja você a ter grandes atitudes pois são nestes pequenos gestos que podemos impactar a rotina de alguém. Podemos estar mais presentes e atentos e com pequenos gestos incentivar a gentileza por onde passarmos. Segundo Gandhi: “a gentileza não diminui com o uso. Ela retorna multiplicada.”.  Pesquisas nos apontam que aqueles que praticam gentileza no seu dia a dia, aumentam seu grau de felicidade. Isso porque, a gentileza está ligada ao gene que libera a dopamina, neurotransmissor que proporciona bem-estar. Aqueles que ajudam os outros regularmente têm mais saúde mental e   têm menos probabilidade de sofrer de doenças crônicas, e seu sistema imunológico tende a ser melhor, porque existe uma relação direta entre bem-estar, felicidade e saúde.   Com pequenos gestos como: Ceder o assento às pessoas idosas ou com deficiência; agradecer às pessoas que lhe fazem favores; cumprimentar as pessoas, com um bom dia; pedir licença quando precisar passar pela frente das pessoas; nós podemos criar e multiplicar gentileza para nós e para os demais.  Gentileza gera gentileza! E você, o que gera?  Para se tornar uma pessoa mais gentil, é preciso,  que cada um reflita,  sobre como tem se relacionado consigo mesmo, com as outras pessoas e com o mundo. A vida se torna mais agradável quando tratamos os outros com delicadeza, quando sorrimos e quando somos gentis. A  gentileza e  o amor fazem parte da própria natureza de nosso Ser interior.  Essas qualidades são inerentes a cada ser humano.   A gentileza é um estado interior de uma mente pacífica

Normalmente, as pessoas andam com pressa e muito ocupadas pela vida, querendo tirar vantagens das situações e  esquecendo de praticar gentileza consigo e com os demais. Pensando somente em si, na rotina alucinante e na montanha de problemas a resolver e assim vamos “vivendo nossa vida”.

Tenho visto, muitas cenas por aí  e me vem a pergunta: cadê a  gentileza, onde está a arte do ”bem receber”, onde está a Educação? respostas atravessadas e grosseiras e  muitas vezes com frases prontas e sem nenhuma empatia ou gentileza.

E que tal se praticarmos… não esperar receber para dar; não esperar uma gentileza para ser gentil e seja você a ter grandes atitudes pois são nestes pequenos gestos que podemos impactar a rotina de alguém. Podemos estar mais presentes e atentos e com pequenos gestos incentivar a gentileza por onde passarmos. Segundo Gandhi: “a gentileza não diminui com o uso. Ela retorna multiplicada.”.

Pesquisas nos apontam que aqueles que praticam gentileza no seu dia a dia, aumentam seu grau de felicidade. Isso porque, a gentileza está ligada ao gene que libera a dopamina, neurotransmissor que proporciona bem-estar. Aqueles que ajudam os outros regularmente têm mais saúde mental e   têm menos probabilidade de sofrer de doenças crônicas, e seu sistema imunológico tende a ser melhor, porque existe uma relação direta entre bem-estar, felicidade e saúde.

Com pequenos gestos como:

Ceder o assento às pessoas idosas ou com deficiência; agradecer às pessoas que lhe fazem favores; cumprimentar as pessoas, com um bom dia; pedir licença quando precisar passar pela frente das pessoas; nós podemos criar e multiplicar gentileza para nós e para os demais.

Gentileza gera gentileza! E você, o que gera?

Para se tornar uma pessoa mais gentil, é preciso,  que cada um reflita,  sobre como tem se relacionado consigo mesmo, com as outras pessoas e com o mundo. A vida se torna mais agradável quando tratamos os outros com delicadeza, quando sorrimos e quando somos gentis. A  gentileza e  o amor fazem parte da própria natureza de nosso Ser interior.  Essas qualidades são inerentes a cada ser humano.

A gentileza é um estado interior de uma mente pacífica